Biodigestor – Fossa Séptica

Home / Biodigestor – Fossa Séptica

Descrição

1. Apresentação.
Essa estação de tratamento de esgoto, chamada também de FOSSA SÉPTICA/BIODIGESTOR, fabricada pela Saletti Fibras, tem a função de tratar os efluentes sanitários residências e comerciais, desde que respeitado o número máximo de pessoas, conforme descrito.

2. Como ele funciona.
O efluente entra pelo tubo A (100 mm) e é direcionado até a parte inferior do tanque, lá acontece à decomposição da matéria orgânica e retida todo o lodo. O liquido e alguns resíduos sobem e passam pelo filtro B, lá as bactérias se prendem aos elementos de fibra de vidro, que fazem o tratamento do efluente, que será descartado através do tubo C (75 mm) para o sumidouro ou vala de infiltração.

3. Como instalar.

3.1 Escavação.
A profundidade a ser escavada é determinada pela altura do Biodigestor e pelo nível do tubo de esgoto que sai da residência, que terá que chegar em nível superior ou igual a entrada no biodigestor.
3.2 Compactação.
Instale o registro na saída de retirada do Lodo C (75 mm), que fica abaixo da outra saída de 75 mm.
Prepare o local (solo), faça o buraco, acomode o biodigestor no local, encaixe todas as conexões necessárias.
Faça uma mistura de 12 a 16 partes de solo para uma parte de cimento, para faze a compactação do solo.
Encha com água até a parte cônica inferior, e faça a compactação até a altura da água.
Complete de água até o nível de tubulação de saída, e faça a compactação até esse nível, se for necessária, acrescente água durante a compactação.
3.3 Leito de Secagem.
O que vai determinar a posição da escavação é a altura do registro, por isso o volume útil deverá estar abaixo do registro.
Deverá ser escavado um volume que corresponda a 180 litros de lodo, aproximadamente (60 x 60 x 60 cm). Faça a escavação o mais próximo do tanque possível. As paredes devem ser de tijolos comuns, sem revestimento e no fundo terra aparente para facilitar a absorção.
3.4 Outras informações;
Os gases devem ser eliminados pela tubulação antes de chegar no biodigestor, neste caso deverá ser colocado um TEE ma tubulação e suspender uma barra de cano de preferência acima do pé direito da residência.
Esse sistema exige que a água tratada seja infiltrada no solo antes de atingir o manancial, não despeje o efluente diretamente ao solo, faça um sumidouro ou vala de infiltração para o despejo do efluente.

4. Manutenção e limpeza.

A. O período de extração do lodo é de aproximadamente 6 (seis) meses.
B. A primeira extração deverá ser feita com 5 a 6 meses da data do início da utilização.
C. Ao abrir o registro o lodo sairá por carga hidráulica. Primeiramente saem de 2 a 3 lts. de água cor bege, depois sairá o lodo escuro, quando voltar a sair água bege feche o registro.
D. A parte liquida do lodo na caixa será absorvida e a parte orgânica se converte em pó. Se houver dificuldade para retirar o lodo, dissolva-o usando uma haste, tendo cuidado para não danificar o tanque.

E. O filtro anaeróbio deve ser limpo com jato d água a cada 2 ou 3 extrações de lodo, ou em caso de obstrução.

Biodigestor fossa séptica desenho

A- ENTRADA; Local de entrada do efluente. 100 mm
B- FILTRO Filtro retentor de sólidos.
C- SAÍDA Saída do efluente tratado. 075 mm.
D- DESCOMPACTAÇÃO Local para descompactação do lodo.
E- TAMPA Tampa de acesso ao filtro.
F- LEITO DE SECAGEM Local de descarga do lodo. 075 mm.

5. OBSERVAÇÕES;
O bom funcionamento depende de uma instalação adequada.
Siga a tabela para obter as medidas necessárias.
Em terrenos com presença de lençol freático, tome cuidados especiais.
Instale o equipamento com pelo menos 1,6 metros de casas ou outras construções, 2,50 metros de arvores ou qualquer ponto de rede pública de abastecimento de água, e pelo menos 15 metros de poços e corpos de água de qualquer natureza.
Verifique as leis municipais e estaduais que especificam as condições de uso.
Isole de preferência com uma cerca uma área com aproximadamente 2,00 x 2,00 metros, para que pessoas sem experiência e principalmente crianças não tenham acesso ao Biodigestor.
Recomenda-se construir uma caixa grelhada antes do biodigestor para evitar entupimento por causa de papel higiênico, absorventes, etc.

6. Benefícios;
Onde pode ser usado;
Chácaras, sítios, residências, fazendas, escritórios, etc.
Auto-limpante, não preciso de caminhão limpa fossa.
Menos escavação, mais eficiente que fossa em concreto, ambientalmente correto.
Material sintético, não permite infiltração, nem passagem de raiz, totalmente impermeável.
Leve e de fácil manutenção.

Capacidade 1.300 Litros
Altura máxima 1.700 mm
Diâmetro máximo 1.260 mm
Altura do cone inferior 0,400 mts
Profundidade saída efluente 0,300 mts
Profundidade entrada efluente 0,230 mts
Profundidade extração do lodo 0,510 mts
Capacidade de uso/pessoas 10 unidades
Empreendimento     Indicação     Pessoas atendidas
Residência padrão baixo 100 14
Residência padrão médio 130 10
Residência padrão alto 160 08
Fábrica 070 18
Edifícios comerciais 050 73
Escola 050 28
Alojamento provisório 080 16
Escritório 050 26

Dados fornecidos pela NBR13969:1997.

De acordo com a Resolução CONAMA 375/2006 o lodo pode ser neutralizado com o uso de Cal e ser usada na agricultura como uma alternativa de suplementação, mas não é permitido no cultivo de frutas, hortaliças e legumes para consumo cru.